“Ah, mas que pergunta fácil! Primeiro eu iria pagar todas as minhas dívidas. Depois, uhm, iria trocar de carro e quem sabe comprar um novo apartamento. Ainda faria um churrascão para comemorar, com tudo pago para amigos e família!”

Você se identificou com o relato acima? Se sim, parabéns! Você faz parte da grande maioria da população do universo que quando recebe dinheiro, a primeira coisa que vem na cabeça é como gastar. Mas não se preocupe, isso tem cura!

A ideia que quero trazer aqui vai mudar a forma como você enxerga o seu dinheiro e suas finanças, e isso tudo em termos muito simples. Nada contra fazer tudo aquilo ali em cima. O que eu sugiro é que ANTES DE PENSAR EM COMO GASTAR, VOCÊ PENSE EM COMO FAZER O DINHEIRO RENDER.

Isso mesmo que você ouviu! O dinheiro tem o incrível poder mágico de gerar mais dinheiro, sem você precisar fazer nada. Basta investir de forma correta e pimba! Juros compostos! Dinheiro entrando do nada. Alegria e sorriso maroto de quem ganha dinheiro literalmente para não fazer nada.

Quer ver um exemplo? Se você colocar um milhão de reais em um investimento de renda fixa, seguro e sem risco, a uma taxa de 4% ao ano, você terá uma rentabilidade média mensal de R$ 3.300,00!

Sério, de verdade! Você ganha mais de 3 mil reais por mês para não fazer nada, e ISSO SEM GASTAR O UM MILHÃO DE REAIS (PRINCIPAL). Eles estarão ali, para todo o sempre, rendendo dinheiro para você. Mas o melhor não é só isso! Se você não mexer, como são juros compostos, no outro ano ganhará ainda mais (uns R$ 3.400,00) e depois mais, e mais, e mais e ufa! Máquina de fazer dinheiro.  

Mais um caso prático! Investindo um milhão de reais com uma rentabilidade de 1% ao mês (possível estudando finanças) você consegue DUPLICAR O VALOR EM SEIS ANOS. Maravilha das maravilhas, você consegue gerar um milhão a partir de um milhão em apenas seis anos. Onde isso vai parar? A verdade é que não para. ENQUANTO ESTIVER INVESTIDO, O DINHEIRO ESTARÁ TRABALHANDO PARA VOCÊ.

E isso vale para qualquer quantia. Não precisa esperar ganhar um milhão não (ufa)! Qualquer dinheiro que você junte todo mês tem esse poder.

E então, depois disso tudo, o que você faria com um milhão de reais?

Eu por exemplo transformaria em dois milhões, depois cinco, depois dez. Depois ajudaria um monte de gente sem gastar o principal. Mas isso é conversa para outro artigo 🙂


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *