Quanto de Juros eu Ganho (ou Perco)?

Como saber quanto dinheiro estou ganhando e perdendo do nada?

Fácil! Em uma folha de papel elenque de um lado todos os juros que você tem (financiamentos, empréstimos, consignados) e ao lado de cada prestação coloque quanto de juros você está perdendo todo mês (dinheiro que está perdendo do nada).

Exemplo: se eu tenho um empréstimo de 10 mil e estou pagando 60 parcelas de R$ 222,00, multiplico 60 (número de parcelas) x 222 (valor da parcela) = R$ 13.320,00 (total que irei pagar). Peguei emprestado R$ 10 mil e vou pagar R$ 13,32 mil, assim, R$ 3,32 mil são juros, que divididos pelo número de meses (60) dá aproximadamente R$ 55,00. Ou seja nesse empréstimo todo mês você perde 55 reais de juros.

Repita o procedimento acima para todos os seus empréstimos e verá o quanto de dinheiro sai de você sem você perceber.

Agora vem a parte legal, que é ver quanto de juros você ganha! Na mesma folha de papel, elenque do outro lado todos os seus investimentos e aplicações financeiras.  Ao lado de cada uma coloque quanto de juros você ganha.

Exemplo: se eu investi R$ 250,00 na renda fixa, a uma rentabilidade de 0,5%, então basta multiplicar 0,5% (matematicamente é igual a 0,5/100) e multiplicar pelo investimento (250 reais). Assim, para esse investimento eu ganho de juros R$ 1,25! Pode parecer pouco, mas é o dinheiro que você ganha do nada. Você ganha faça chuva ou faça sol, trabalhando ou não trabalhando, com crise ou sem crise. Como é renda fixa, você vai ganhar esse dinheiro, sem risco e preocupações.

Da mesma forma, basta repetir isso para todos os seus investimentos!

Agora vem a parte bacana. Depois de tudo isso, o tanto de juros que você ganha todo mês é maior do que o tanto que você perde todo mês? Se sim, parabéns! Você está no caminho de ser milionário. Se não, reveja seus juros, quite seus empréstimos, não faça mais empréstimos.

Como eu resolvi essa questão? Fácil. Nunca pago juros, sou alérgico a dívidas. Daí todo juros que tenho é só ganho. E os ganhos estão se multiplicando!     

Não Perca Juros, Ganhe Juros!

Em finanças, existem dois tipos de pessoas: as que ganham juros e as que perdem juros. Se você quer ser rico, deve estar necessariamente no primeiro grupo! Se não quer, paciência, existe doido para tudo. Pagar juros é uma ótima fórmula para garantir que você não será rico.

No fundo é tudo uma questão de tempo. Se você tem dinheiro guardado e não precisa dele hoje, pode emprestar para alguma instituição financeira (fazer um investimento) e receber juros por isso. Por outro lado, se você precisa hoje de um dinheiro que não tem, pega emprestado de alguma instituição financeira e paga juros por isso.

Podemos então definir juros como aquela quantia de dinheiro que o poupador recebe do devedor para que o devedor gaste um DINHEIRO QUE NÃO TEM. E o mundo seria um grande arco-íris se fosse fácil assim!

Na prática quando você pega dinheiro emprestado, vai pagar uma taxa de juros muito maior. Qualquer pessoa que fez um financiamento ou esteve no cheque especial sabe o quanto essas taxas de juros podem ser altas. Do outro lado, se você investe seu dinheiro para ganhar juros, a taxa é bem pequena, de forma que às vezes desespera. Assim, podemos resumir a

Lição Número 1: TAXAS DE JUROS A PAGAR COSTUMAM SER MAIORES QUE TAXAS DE JUROS A RECEBER

E ainda tem a cereja do bolo, pois os JUROS SÃO COMPOSTOS! Mas o que seria essa magia, mestre? Na prática significa que os juros vão ser aplicados sobre o tanto de dinheiro a cada mês, o que resume a

Lição Número 2: SE VOCÊ ESTÁ GANHANDO JUROS, ESTÁ GANHANDO MAIS A CADA MÊS. SE ESTÁ PERDENDO JUROS, ESTÁ PERDENDO MAIS A CADA MÊS.

Vamos para um exemplo prático: se eu aplicar R$ 1.375,00 todo mês, durante 20 anos, a uma taxa de 0,8% ao mês, ao final serei milionário! Magia dos juros compostos, pois se você contar quanto você colocou (R$ 1.375,00 vezes 240 meses) você na verdade investiu somente R$ 330.000,00. Cara, é dinheiro pra cacete! Você coloca 330 mil e recebe um milhão, maravilha das maravilhas. O que precisa para ter isso? Apenas ser persistente e esperar 20 anos.

Por outro lado, se eu for financiar um apartamento de um milhão de reais também em 20 anos e com a mesma taxa de juros de 0,8% ao mês, ao final terei o aparamento, mas terei pago R$ 2,25 milhões, aproximadamente. Metade disso tudo só de juros! E a prestação seria próxima de 10 mil!

Mas cara, isso é loucura! Você usou as mesmas taxas de juros e mesmos períodos, mas em um você ganhou dinheiro do nada (prêmio por esperar) e no outro você perdeu dinheiro do nada (punição por gastar sem ter). Eu não sei você, mas prefiro ganhar dinheiro do nada a perder dinheiro do nada. Na sua vida, o dinheiro costuma sumir ou aparecer do nada? Assim, resumo a

Lição Número 3: NÃO PERCA JUROS, GANHE JUROS.

Faça disso um lema, repita no espelho todo dia, cante no chuveiro, até internalizar a ideia!